Sunday, March 09, 2014

Gente da minha terra...

Enquanto andava na bicicleta, hoje de manhã, tava com esta musica na cabeça...
Não sei porquê... Nunca fui de ouvir fado, nem nunca a Mariza me disse alguma coisa.
Hoje foi diferente.
Ouvi, arrepiei-me e chorei...



Já sei o que vou trazer de Portugal, a par do chouriço, bacalhau, queijo e caldo verde, da próxima vez que aí voltar.

Deve haver coisas que só fazem sentido, a certa e determinada etapa da Vida... Vai na volta até gosto de Fado e só agora é que percebi.

É meu e vosso este fado

Destino que nos amarra
Por mais que seja negado
Às cordas de uma guitarra

Sempre que se ouve o gemido

De uma guitarra a cantar
Fica-se logo perdido
Com vontade de chorar

Ó gente da minha terra

Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi

E pareceria ternura

Se eu me deixasse embalar
Era maior a amargura
Menos triste o meu cantar

Ó gente da minha terra

Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi

Ó gente da minha terra

Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi
SHARE:

No comments

Post a Comment

© Porty's Diary. All rights reserved.
Blogger Templates by pipdig